AMP

amp-form

Descrição Permite a criação de tags form e input.
Script obrigatório <script async custom-element="amp-form" src="https://cdn.ampproject.org/v0/amp-form-0.1.js"></script>
Layouts compatíveis N/A
Exemplos Veja um exemplo de amp-form no site AMP By Example.

Comportamento

A extensão amp-form permite que você crie formulários (<form>) para enviar campos de entrada em um documento AMP. A extensão amp-form também fornece polyfills para alguns comportamentos ausentes em navegadores.

se você enviar dados no seu formulário, o endpoint do servidor precisará implementar os requisitos para a segurança do CORS.

Antes de criar um <form>, é preciso incluir o script exigido para a extensão <amp-form>. Se você não fizer isso, seu documento será inválido. Se você está usando tags input para finalidades que não sejam o envio dos valores delas (por exemplo, entradas que não estejam dentro de um <form>), não é necessário carregar a extensão amp-form.

Veja um exemplo de formulário básico:



<form method="post"
    action-xhr="https://example.com/subscribe"  
    target="_top">
    <fieldset>
      <label>
        <span>Name:</span>
        <input type="text"
          name="name"
          required>
      </label>
      <br>
      <label>
        <span>Email:</span>
        <input type="email"
          name="email"
          required>
      </label>
      <br>
      <input type="submit"
        value="Subscribe">
    </fieldset>
    <div submit-success>
      <template type="amp-mustache">
        Subscription successful!
      </template>
    </div>
    <div submit-error>
      <template type="amp-mustache">
        Subscription failed!
      </template>
    </div>
  </form>
Open this snippet in playground

Atributos

target

Indica onde exibir a resposta do formulário após o envio dele. O valor precisa ser _blank ou _top.

action

Especifica um endpoint do servidor para processar a entrada do formulário. O valor precisa ser um URL https (absoluto ou relativo) e não pode ser um link para uma CDN.

os atributos target e action são usados apenas para solicitações GET que não sejam xhr. O ambiente de tempo de execução de AMP usará action-xhr para fazer a solicitação e ignorará action e target. Quando o action-xhr não é fornecido, a AMP faz uma solicitação GET para o endpoint action e usa target para abrir uma nova janela (se _blank). O ambiente de tempo de execução de AMP também pode ser substituído usando action e target nos casos em que a extensão amp-form não for carregada.

action-xhr

Especifica um endpoint do servidor para processar a entrada do formulário e enviar o formulário via XMLHttpRequest (XHR). Uma solicitação XHR (às vezes chamada de solicitação AJAX) é o local em que o navegador faz a solicitação sem carregar totalmente a página ou ao abrir uma nova página. Os navegadores enviam a solicitação em segundo plano usando a API Fetch, quando disponível, que é substituída pela API XMLHttpRequest no caso dos navegadores mais antigos.

seu endpoint XHR precisa implementar os requisitos de segurança do CORS.

Esse atributo é obrigatório para method=POST e opcional para method=GET.

O valor de action-xhr pode ser o mesmo endpoint de action ou outro e tem os mesmos requisitos de action descritos acima.

Para saber mais sobre como redirecionar o usuário após o envio do formulário, consulte a seção Redirecionamento após um envio abaixo.

Outros atributos de formulário

Todos os outros atributos de formulário são opcionais.

custom-validation-reporting

Este é um atributo opcional que ativa e seleciona uma estratégia personalizada de relatórios de validação. Os valores válidos são: show-first-on-submit, show-all-on-submit ou as-you-go.

Consulte a seção Validações personalizadas para ver mais detalhes.

Entradas e campos

Permitidos:

  • Outros elementos relacionados a formulário, incluindo: <textarea>, <select>, <option>, <fieldset>, <label>, <input type=text>, <input type=submit> e assim por diante.
  • <input type=password> e <input type=file> dentro de <form method=POST action-xhr>.
  • amp-selector.

Não permitidos:

  • <input type=button>, <input type=image>.
  • A maioria dos atributos relacionados a formulários em entradas, incluindo: form, formaction, formtarget, formmethod e outros.

É possível que algumas dessas regras sejam flexibilizadas no futuro. Se você precisa de algum desses itens, entre em contato e forneça casos de uso.

Para ver detalhes sobre entradas e campos válidos, consulte as regras de amp-form nas especificações do validador de AMP.

Ações

O elemento amp-form expõe as seguintes ações:

Ação Descrição
submit Permite acionar o envio de formulário em uma ação específica, por exemplo, ao tocar em um link ou enviar um formulário na alteração de entrada.
clear Esvazia os valores de cada entrada do formulário. Isso permite que os usuários preencham formulários rapidamente pela segunda vez.

saiba mais sobre ações e eventos em AMP.

Eventos

O amp-form expõe os seguintes eventos:

Event Disparado quando
submit O formulário é enviado e antes da conclusão do envio.
submit-success O envio do formulário é concluído, e a resposta é um sucesso.
submit-error O envio do formulário é concluído, e a resposta é um erro.
verify A verificação assíncrona é iniciada.
verify-error A verificação assíncrona é concluída, e a resposta é um erro.
valid O estado de validação do formulário muda para “válido” (de acordo com a estratégia de relatório dele).
invalid O estado de validação do formulário é "inválido" "(de acordo com a estratégia de relatório dele).

Esses eventos podem ser usados por meio do atributo on.

Por exemplo, o código a seguir escuta os eventos submit-success e submit-error e mostra lightboxes diferentes dependendo do evento:

<form ...="" on="submit-success:success-lightbox;submit-error:error-lightbox">
</form>

Veja o exemplo completo aqui.

Eventos de entrada

O AMP expõe eventos change e input-debounced em elementos <input> filhos. Isso permite que você use o atributo on para executar uma ação em qualquer elemento quando um valor de entrada for alterado.

Por exemplo, um caso de uso comum é enviar um formulário quando houver alteração da entrada (ao selecionar um botão de opção para responder a uma pesquisa, escolher um idioma em uma entrada select para traduzir uma página etc.).

<form id="myform"
    method="post"
    action-xhr="https://example.com/myform"  
    target="_blank">
    <fieldset>
      <label>
        <input name="answer1"
          value="Value 1"
          type="radio"
          on="change:myform.submit">Value 1
      </label>
      <label>
        <input name="answer1"
          value="Value 2"
          type="radio"
          on="change:myform.submit">Value 2
      </label>
    </fieldset>
  </form>
Open this snippet in playground

Veja o exemplo completo aqui.

Acionadores de análise

A extensão amp-form aciona os seguintes eventos, que você pode acompanhar na configuração de amp-analytics:

Evento Disparado quando
amp-form-submit Uma solicitação de formulário é iniciada.
amp-form-submit-success Uma resposta de sucesso é recebida (ou seja, quando a resposta tem o status 2XX).
amp-form-submit-error Uma resposta de falha é recebida (ou seja, quando a resposta não tem o status 2XX).

Você pode configurar sua análise para que envie esses eventos, como no exemplo a seguir:

<amp-analytics>
  <script type="application/json">
    {
      "requests": {
        "event": "https://www.example.com/analytics/event?eid=${eventId}",
        "searchEvent": "https://www.example.com/analytics/search?formId=${formId}&query=${formFields[query]}"
      },
      "triggers": {
        "formSubmit": {
          "on": "amp-form-submit",
          "request": "searchEvent"
        },
        "formSubmitSuccess": {
          "on": "amp-form-submit-success",
          "request": "event",
          "vars": {
            "eventId": "form-submit-success"
          }
        },
        "formSubmitError": {
          "on": "amp-form-submit-error",
          "request": "event",
          "vars": {
            "eventId": "form-submit-error"
          }
        }
      }
    }
  </script>
</amp-analytics>

Os três eventos geram um conjunto de variáveis que correspondem ao formulário específico e aos campos do formulário. Essas variáveis podem ser usadas para análise.

Por exemplo, o formulário a seguir tem um único campo:

<form id="submit_form" action-xhr="/comment" method="POST">
  <input type="text" name="comment">
    <input type="submit" value="Comentar">
    </form>

Quando o evento amp-form-submit, amp-form-submit-success ou amp-form-submit-error é acionado, ele gera as seguintes variáveis com os valores especificados no formulário:

  • formId
  • formFields[comment]

Renderização de resposta de sucesso/erro

Você pode renderizar respostas de sucesso ou erro no seu formulário usando modelos estendidos, como amp-mustache. Também é possível renderizar respostas de sucesso por meio da vinculação de dados com amp-bind e os seguintes atributos de resposta:

Atributo de resposta Descrição
submit-success Pode ser usado para exibir uma mensagem de sucesso se a resposta for bem-sucedida (ou seja, tiver status 2XX).
submit-error Pode ser usado para exibir um erro de envio se a resposta for malsucedida (ou seja, não tiver o status 2XX).
submitting Pode ser usado para exibir uma mensagem quando o formulário está sendo enviado. O modelo desse atributo tem acesso aos campos de entrada do formulário para fins de exibição. Consulte o exemplo completo de formulário abaixo para saber como usar o atributo submitting.

Para renderizar respostas com modelos:

  • aplique um atributo de resposta a qualquer filho direto do elemento <form>;
  • renderize a resposta no elemento filho incluindo um modelo nela por meio da tag <template></template> ou <script type="text/plain"></script> ou fazendo referência a um modelo com o atributo template="id_of_other_template";
  • forneça um objeto JSON válido para as respostas para submit-success e submit-error. As respostas de sucesso e erro precisam ter um cabeçalho Content-Type: application/json.

Exemplo: o formulário exibe mensagens de sucesso, erro e envio

No exemplo a seguir, as respostas são renderizadas em um modelo in-line dentro do formulário.

<form ...>
  <fieldset>
    <input type="text" name="firstName"></fieldset>
    <div verify-error="">
      <template type="amp-mustache">
        There is a mistake in the form!
        {{#verifyErrors}}{{message}}{{/verifyErrors}}
    </template>
  </div>
  <div submitting="">
    <template type="amp-mustache">
      Form submitting... Thank you for waiting {{name}}.
    </template>
  </div>
  <div submit-success="">
    <template type="amp-mustache">
      Success! Thanks {{name}} for subscribing! Please make sure to check your email {{email}}
    to confirm! After that we'll start sending you weekly articles on {{#interests}}<b>{{name}}</b> {{/interests}}.
  </template>
</div>
<div submit-error="">
  <template type="amp-mustache">
    Oops! {{name}}, {{message}}.
  </template>
</div>
</form>

O endpoint action-xhr do editor retorna as seguintes respostas JSON:

Se houver sucesso:

{
  "name": "Jane Miller",
  "interests": [{"name": "Basketball"}, {"name": "Swimming"}, {"name": "Reading"}],
  "email": "email@example.com"
}

Se houver erro:

{
  "name": "Jane Miller",
  "message": "The email (email@example.com) you used is already subscribed."
}

Você pode renderizar as respostas em um modelo referenciado definido anteriormente no documento, usando o código do modelo como o valor do atributo template, definido nos elementos com os atributos submit-success e submit-error.

<template id="submit_success_template" type="amp-mustache">
  Success! Thanks {{name}} for subscribing! Please make sure to check your email {{email}}
to confirm! After that we'll start sending you weekly articles on {{#interests}}<b>{{name}}</b> {{/interests}}.
</template>
<template id="submit_error_template" type="amp-mustache">
  Oops! {{name}}, {{message}}.
</template></p>

<form ...="">
  <fieldset></fieldset>
  <div submit-success="" template="submit_success_template"></div>
  <div submit-error="" template="submit_error_template"></div>
</form>

Veja o exemplo completo aqui.

Para renderizar uma resposta de sucesso com a vinculação de dados

  • Use o atributo on para vincular o atributo submit-success do formulário a AMP.setState().
  • Use a propriedade event para capturar os dados da resposta.
  • Adicione o atributo de estado ao elemento desejado para vincular a resposta do formulário.

O exemplo a seguir demonstra uma resposta submit-success do formulário com o amp-bind:

<p [text]="'Thanks, ' + subscribe +'! You have successfully subscribed.'">Subscribe to our newsletter</p>
<form method="post"
      action-xhr="/components/amp-form/submit-form-input-text-xhr"
      target="_ top"
      on="submit-success: AMP.setState({'subscribe': event.response.name})">
  <div>
    <input type="text"
        name="name"
        placeholder="Name..."
        required>
    <input type="email"
      name="email"
      placeholder="Email..."
      required>
  </div>
  <input type="submit" value="Subscribe">
</form>

Quando o formulário for enviado com sucesso, ele retornará uma resposta JSON semelhante a esta:

{
  "name": "Jane Miller",
  "email": "email@example.com"
}

Em seguida, amp-bind atualizará o texto do elemento <p> para que corresponda ao estado subscribe:

...
<p [text]="'Thanks, ' + subscribe +'! You have successfully subscribed.'">Thanks Jane Miller! You have successfully subscribed.</p>
...

Redirecionamento após um envio

Você pode redirecionar os usuários para uma nova página após o envio de um formulário com sucesso. Para isso, basta configurar o cabeçalho de resposta AMP-Redirect-To e especificar um URL de redirecionamento, que precisa ser um URL HTTPS. Caso contrário, a AMP gerará um erro, e o redirecionamento não ocorrerá. Os cabeçalhos de resposta HTTP são configurados por meio do seu servidor.

Atualize o cabeçalho de resposta Access-Control-Expose-Headers, incluindo AMP-Redirect-To na lista de cabeçalhos permitidos. Saiba mais sobre esses cabeçalhos em Segurança do CORS em AMP (link em inglês).

Exemplos de cabeçalhos de resposta:

AMP-Redirect-To: https://example.com/forms/thank-you
Access-Control-Expose-Headers: AMP-Access-Control-Allow-Source-Origin, AMP-Redirect-To

para ver como usar o redirecionamento após o envio de um formulário, confira as páginas Envio de formulário com atualização e Página de produto do site AMP By Example (ambas em inglês).

Validações personalizadas

A extensão amp-form permite que você crie sua própria IU de validação personalizada usando o atributo custom-validation-reporting junto com as seguintes estratégias de relatório: show-first-on-submit, show-all-on-submit ou as-you-go.

Para especificar a validação personalizada no seu formulário:

  1. Configure o atributo custom-validation-reporting no form como uma das estratégias de relatório de validação.
  2. Forneça sua própria IU de validação marcada com atributos especiais. O AMP descobrirá os atributos especiais e os informará no momento certo, dependendo da estratégia de relatório especificada.

Veja um exemplo:



<form method="post"
    action-xhr="https://example.com/subscribe"
    custom-validation-reporting="show-all-on-submit"  
    target="_blank">
    <fieldset>
      <label>
        <span>Name:</span>
        <input type="text"
          name="name"
          id="name5"
          required
          pattern="\w+\s\w+">
        <span visible-when-invalid="valueMissing"
          validation-for="name5"></span>
        <span visible-when-invalid="patternMismatch"
          validation-for="name5">
          Please enter your first and last name separated by a space (e.g. Jane Miller)
        </span>
      </label>
      <br>
      <label>
        <span>Email:</span>
        <input type="email"
          name="email"
          id="email5"
          required>
        <span visible-when-invalid="valueMissing"
          validation-for="email5"></span>
        <span visible-when-invalid="typeMismatch"
          validation-for="email5"></span>
      </label>
      <br>
      <input type="submit"
        value="Subscribe">
    </fieldset>
  </form>
Open this snippet in playground

Para ver mais exemplos, consulte examples/forms.amp.html.

Para mensagens de validação, se seu elemento não tiver conteúdo textual, o AMP o preencherá com a mensagem de validação padrão do navegador. No exemplo acima, quando a entrada name5 estiver vazia e a validação for iniciada (ou seja, quando o usuário tiver tentado enviar o formulário), o AMP preencherá <span visible-when-invalid="valueMissing" validation-for="name5"></span> com a mensagem de validação do navegador e mostrará esse span para o usuário.

você precisa fornecer sua própria IU de validação para cada tipo de estado inválido que a entrada possa ter. Se eles não estiverem presentes, os usuários não verão custom-validation-reporting para o estado de erro ausente. Os estados de validade podem ser encontrados na documentação oficial de relatórios de validação HTML do W3C (link em inglês).

Estratégias de relatórios

Especifique uma das seguintes opções de relatório para o atributo custom-validation-reporting:

Show First on Submit

A opção de relatório show-first-on-submit simula o comportamento padrão do navegador quando a validação padrão é iniciada. Ela mostra o primeiro erro de validação encontrado e para nele.

Show All on Submit

A opção de relatório show-all-on-submit mostra todos os erros de validação em todas as entradas inválidas quando o formulário é enviado. Isso é útil se você quiser mostrar um resumo de validações.

As You Go

A opção de relatório as-you-go permite que o usuário veja as mensagens de validação enquanto interage com a entrada. Por exemplo, se o usuário digitar um endereço de e-mail inválido, ele verá o erro imediatamente. Depois de corrigir o valor, o erro desaparecerá.

Interact and Submit

A opção de relatório interact-and-submit combina o comportamento de show-all-on-submit e as-you-go. Os campos mostrarão erros imediatamente após as interações. Quando o formulário for enviado, serão exibidos erros em todos os campos inválidos.

Verificação

A validação de HTML5 fornece feedback com base apenas nas informações disponíveis na página, como, por exemplo, se um valor corresponde a determinado padrão. Com a verificação de amp-form, você pode dar ao usuário um feedback que a validação de HTML5 por si só não pode. Por exemplo, um formulário pode usar a verificação para confirmar se um endereço de e-mail já foi registrado. Outro caso de uso é verificar se um campo de cidade corresponde a um campo de CEP.

Veja um exemplo:

<h4>Verification example</h4>
<form method="post" action-xhr="/form/verify-json/post" verify-xhr="/form/verify-json/post"{% if not format=='email'%}   target="_blank"{% endif %}>
  <fieldset>
    <label>
      <span>Email</span>
      <input type="text" name="email" required="">
      </label>
      <label>
        <span>Zip Code</span>
        <input type="tel" name="zip" required="" pattern="[0-9]{5}(-[0-9]{4})?">
        </label>
        <label>
          <span>City</span>
          <input type="text" name="city" required="">
          </label>
          <label>
            <span>Document</span>
            <input type="file" name="document" no-verify="">
            </label>
            <div class="spinner"></div>
            <input type="submit" value="Enviar">
            </fieldset>
            <div submit-success="">
              <template type="amp-mustache">
                <p>Congratulations! You are registered with {{email}}</p>
              </template>
            </div>
            <div submit-error="">
              <template type="amp-mustache">
                {{#verifyErrors}}
              <p>{{message}}</p>
              {{/verifyErrors}}
            {{^verifyErrors}}
          <p>Something went wrong. Try again later?</p>
          {{/verifyErrors}}
      </template>
    </div>
  </form>

O formulário envia um campo __amp_form_verify junto com os dados do formulário como uma dica para o servidor de que a solicitação é de verificação, e não um envio formal. Isso é útil para que o servidor não armazene a solicitação de verificação se o mesmo endpoint for usado para verificação e envio.

Veja um exemplo de resposta de erro para verificação:

  {
    "verifyErrors": [
      {"name": "email", "message": "That email is already taken."},
      {"name": "zip", "message": "The city and zip do not match."}
    ]
  }

Para remover um campo da solicitação verify-xhr, adicione o atributo no-verify ao elemento de entrada.

Para ver mais exemplos, consulte examples/forms.amp.html.

Substituições de variáveis

A extensão amp-form permite substituições de variáveis de plataforma (link em inglês) para entradas ocultas e que tenham o atributo data-amp-replace. Em cada envio de formulário, o amp-form encontra todas as input[type=hidden][data-amp-replace] dentro do formulário, aplica substituições de variáveis ao atributo value e o troca pelo resultado da substituição.

Você precisa fornecer as variáveis que está usando para cada substituição em cada entrada, especificando uma string separada por espaços das variáveis usadas em data-amp-replace (veja o exemplo abaixo). O AMP não substitui as variáveis que não são explicitamente especificadas.

Veja um exemplo da aparência das entradas antes e depois das substituições (é preciso usar a sintaxe da plataforma para substituição de variáveis, e não para análise):

<!-- Initial Load -->
<form ...>
  <input name="canonicalUrl" type="hidden"
        value="The canonical URL is: CANONICAL_URL - RANDOM - CANONICAL_HOSTNAME"
        data-amp-replace="CANONICAL_URL RANDOM">
  <input name="clientId" type="hidden"
        value="CLIENT_ID(myid)"
        data-amp-replace="CLIENT_ID">
  ...
</form>

Quando o usuário tentar enviar o formulário, o AMP tentará resolver as variáveis e atualizar o atributo value de todos os campos com as substituições apropriadas. No caso de envios de XHR, é provável que todas as variáveis sejam substituídas e resolvidas. No entanto, em envios GET que não sejam XHR, os valores que exigem resolução assíncrona podem não estar disponíveis por não terem sido resolvidos anteriormente. CLIENT_ID, por exemplo, não seria resolvido se não tivesse sido resolvido e armazenado em cache anteriormente.

<!-- User submits the form, variables values are resolved into fields' value -->
<form ...>
  <input name="canonicalUrl" type="hidden"
        value="The canonical URL is: https://example.com/hello - 0.242513759125 - CANONICAL_HOSTNAME"
        data-amp-replace="CANONICAL_URL RANDOM">
  <input name="clientId" type="hidden"
        value="amp:asqar893yfaiufhbas9g879ab9cha0cja0sga87scgas9ocnas0ch"
        data-amp-replace="CLIENT_ID">
    ...
</form>

Observe como o CANONICAL_HOSTNAME acima não foi substituído porque não estava na lista de permissões do atributo data-amp-replace no primeiro campo.

As substituições ocorrerão em todos os envios subsequentes. Leia mais sobre substituições de variáveis em AMP.

Polyfills

A extensão amp-form fornece polyfills para comportamentos e funcionalidades ausentes em alguns navegadores ou que serão implementados na próxima versão do CSS.

Bloqueio de envio inválido e balão de mensagem de validação

Os navegadores que atualmente usam mecanismos baseados em webkit (desde agosto de 2016) não são compatíveis com envios de formulários inválidos. Isso inclui o Safari em todas as plataformas e todos os navegadores para iOS. A extensão amp-form fornece polyfills para esse comportamento a fim de bloquear envios inválidos e mostrar balões de mensagens de validação em entradas inválidas.

Pseudoclasses de interação com o usuário

As pseudoclasses :user-invalid e :user-valid fazem parte da futura especificação do CSS Selectors 4 e foram lançadas para permitir melhores ganchos para estilizar campos inválidos/válidos com base em alguns critérios.

Uma das principais diferenças entre :invalid e :user-invalid é quando elas são aplicadas ao elemento. A classe :user-invalid é aplicada após uma interação significativa do usuário com o campo (por exemplo, quando o usuário digita em um campo ou desfoca-o).

A extensão amp-form fornece classes para acrescentar polyfills para essas pseudoclasses. A extensão amp-form também propaga as classes para os elementos fieldset ancestrais e form.

Validação de <textarea>

A correspondência de expressão regular é um recurso comum de validação compatível nativamente com a maioria dos elementos de entrada, exceto <textarea>. Fornecemos um polyfill para essa funcionalidade e aceitamos o atributo pattern em elementos <textarea>.

O formulário AMP fornece um atributo autoexpand para elementos <textarea>. Isso permite que a área de texto se expanda e recolha para acomodar as linhas de entrada do usuário, até o tamanho máximo do campo. Se o usuário redimensionar manualmente o campo, o comportamento de expansão automática será removido.

<textarea autoexpand></textarea>

Estilo

Ganchos de classes e CSS

A extensão amp-form fornece ganchos de CSS e de classes para os editores definirem o estilo de formulários e entradas.

As seguintes classes podem ser usadas para indicar o estado do envio do formulário:

  • .amp-form-initial
  • .amp-form-verify
  • .amp-form-verify-error
  • .amp-form-submitting
  • .amp-form-submit-success
  • .amp-form-submit-error

As seguintes classes são um polyfill para as pseudoclasses de interação do usuário:

  • .user-valid
  • .user-invalid

Os editores podem usar essas classes para definir o estilo de entradas e conjuntos de campos para que respondam às ações do usuário (por exemplo, destacar uma entrada inválida com uma borda vermelha após o usuário desfocá-la).

Veja aqui um exemplo completo de como usar essas classes.

visite o site AMP Start para os elementos de formulário AMP responsivos e pré-estilizados que você pode usar nas suas páginas AMP.

Considerações sobre segurança

Proteção contra XSRF

Além de seguir os detalhes das especificações CORP AMP, preste atenção especial à seção Processar solicitações de alteração de estado#processing-state-changing-requests) (link em inglês) para se proteger contra ataques XSRF, em que um invasor pode executar comandos não autorizados usando a sessão atual do usuário sem o conhecimento dele.

Em geral, lembre-se dos seguintes pontos ao aceitar informações do usuário:

  • Use somente POST para solicitações de alteração de estado.
  • Use GET que não seja XHR apenas para fins de navegação (por exemplo, para pesquisa).
    • As solicitações GET que não sejam XHR não receberão origem/cabeçalhos precisos, e os back-ends não poderão se proteger contra XSRF com o mecanismo acima.
    • Em geral, use solicitações GET XHR/não XHR apenas para navegação ou recuperação de informações.
  • Solicitações POST que não sejam XHR não são permitidas em documentos AMP. Isso ocorre devido a inconsistências na configuração do cabeçalho Origin dessas solicitações nos navegadores. Além disso, a compatibilidade traria complicações para a proteção contra XSRF. Isso pode ser reconsiderado e introduzido posteriormente. Registre um problema se achar necessário.
Precisa de mais ajuda?

You've read this document a dozen times but it doesn't really cover all of your questions? Maybe other people felt the same: reach out to them on Stack Overflow.

Go to Stack Overflow
Found a bug or missing a feature?

The AMP project strongly encourages your participation and contributions! We hope you'll become an ongoing participant in our open source community but we also welcome one-off contributions for the issues you're particularly passionate about.

Go to GitHub